A Ecovias, uma das concessionárias administradas pela EcoRodovias, promoveu hoje o Café na Passarela, uma das ações previstas na Semana Nacional de Trânsito. A passarela do km 28 da rodovia Anchieta contou com a presença dos personagens Alice, Rainha de Copas e Chapeleiro Maluco, do livro clássico "Alice no País das Maravilhas" para orientar de maneira lúdica os pedestres sobre a importância da segurança no trânsito. Apesar da abordagem descontraída, a ação tratou de um assunto muito sério: o atropelamento, principal causa de mortes no Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI).

Os 400 moradores de comunidades próximas do SAI que passaram pelo local entre as 06h00 e as 09h00, além de serem orientados da importância da travessia ser realizada por meio da passarela, também tiveram à sua disposição um delicioso café da manhã.

A importância da orientação

Dados da Ecovias apontam que, em 2014, 31 pessoas morreram atropeladas no SAI. O número equivale a cerca de 30% do total de mortes registradas pela concessionária no período. De janeiro a agosto deste ano, a concessionária registrou 17 mortes por atropelamento. O número representa 32,69% de mortes deste ano. Quando comparado ao mesmo período de 2014, percebe-se que o número de atropelamentos caiu cerca de 20%, de 68 nos primeiros oito meses de 2014 contra 54 nesse ano.

O resultado já é fruto das diversas ações que vêm sendo realizadas pela concessionária. Vários pontos do SAI recebem, periodicamente, intervenções por meio do “Café na Passarela”. A ação é uma das medidas planejadas pelo PRA (Programa de Redução de Acidentes da Ecovias), que reúne, semanalmente, profissionais das mais diversas áreas da empresa para discutir sobre possíveis ações educativas ou operações de engenharia em prol da segurança viária. Atualmente, o SAI conta com 63 passarelas distribuídas estrategicamente em 177 quilômetros de extensão.

 

Com informações da Assessoria de Comunicação da Ecovias