A Pesquisa CNT de Rodovias, o mais completo estudo sobre as condições das rodovias brasileiras, chegou em sua 19ª edição. Neste ano, foram avaliados mais de 100 mil quilômetros de malha rodoviária, sendo observados a qualidade do estado geral, o pavimento, a sinalização e a geometria.

O estudo reforça a grande necessidade de investimento na infraestrutura brasileira. Dos quilômetros avaliados, 57,3% apresentaram algum tipo de deficiência no estado geral, que é uma avaliação conjunta do pavimento, sinalização e geometria. Entretanto, verificou-se que esse quesito foi bem avaliado nas rodovias concedidas: 78,3% dessa malha rodoviária foi considerada como ótima ou boa. Já nas vias públicas, que estão sob a responsabilidade federal ou estadual, o quadro foi inverso: apenas 34,1% da extensão recebeu avaliação ótima ou boa. Esse resultado apenas reafirma a importância das concessões rodoviárias e a sua efetividade para garantir a segurança dos motoristas.

O Grupo CR Almeida, por meio da EcoRodovias, conseguiu um lugar de destaque na Pesquisa CNT de Rodovias deste ano. A Ecopistas, concessionária que opera o Sistema Ayrton Senna/Carvalho Pinto, foi considerada a 3ª melhor rodovia brasileira. O trecho já figurou em outras edições do estudo, obtendo o 7º lugar em 2013 e o 5º lugar em 2014. O Sistema Imigrantes/Anchieta também apresenta um lugar de destaque no ranking, ocupando a 13ª posição.

Com informações da Pesquisa CNT de Rodovias